Registo de algumas análises, farpas e aforismos no Facebook de José Adelino Maltez

14
Set 11

Uma ilustre personalidade do nosso sistema denunciou ontem que "há um Estado dentro do Estado que funciona totalmente à margem da legalidade, com autonomia total, e sem que ninguém ponha ordem na casa". Ele costuma participar no teatro. Apenas faz um acrescento à acta, dizendo que tem dúvidas. Todos o adoram. Faz uma coisa e diz o seu contrário.

 

Claro que nenhum deputado fará ao senhor PM uma só pergunta sobre a matéria. Bastará percorrer os "curricula" dos ilustres e confirmar que os mesmos preferem ornar-se com o título dos convites que costumam receber para o festim para que não digam nada, ao lado de outros tantos jubilados, aposentados e reformados que assim brincam ao pretenso "numerus clausus" e sucessivas avaliações e aconselhações de frei tomás...

publicado por José Adelino Maltez às 08:51

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10


20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Biografia
Bem mais de meio século de vida; quarenta e dois anos de universidade pública portuguesa; outros tantos de escrita pública no combate de ideias; professor há mais de trinta e cinco e tal; expulso da universidade como estudante; processado como catedrático pelo exercício da palavra em jornais e blogues. Ainda espera que neste reino por cumprir se restaure a república
Invocação
Como dizia mestre Herculano, ao definir o essencial de um liberal: "Há uma cousa em que supponho que ate os meus mais entranhaveis inimigos me fazem justiça; e é que não costumo calar nem attenuar as proprias opiniões onde e quando, por dever moral ou juridico, tenho de manifestá-las"......
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO